fbpx

Areco Sistemas Empresariais

   Uma gestão inovadora é o esperado de empresas que anseiam se manterem competitivas, com base nas premissas: gastar menos, produzir mais e prezar pela máxima qualidade naquilo que oferecem, como principal diferencial. Inovação, portanto, é a chave que mantém qualquer organização atenta às diversas variações de mercado para, assim, se desenvolverem de forma saudável, de maneira a melhorar significativamente seus resultados. 

O que é uma Gestão Inovadora?

   A função de uma gestão inovadora é manter atualizada as práticas utilizadas nos processos de uma empresa e estar aberta a novidades que possam potencializar o negócio. Esse tipo de gestão se propõe a extrair o melhor de uma equipe e departamento e, com isso, alcançar novos e efetivos resultados.

   Uma gestão inovadora se baseia em líderes responsáveis e comprometidos com o clima organizacional. Assim, é preciso que eles tenham ou desenvolvam determinadas habilidades de soft skills para corresponderem a um perfil inovador, como proatividade, empatia, comunicação eficaz, organização, criatividade, flexibilidade e resiliência. E, então, instaurarem uma mentalidade que se reflita em toda cultura da empresa. 

   No meio corporativo, a inovação se pauta em quatro fases: criatividade, viabilidade, demanda e resultado. Uma nova proposta, serviço ou produto, ao transitar nesses quatro processos, confirma sua eficácia apresentando resultados qualitativos.

   Abaixo destrinchamos um pouco mais sobre cada uma dessas fases:

Criatividade: uma ideia surge, que pode ser incremental ou disruptiva, acerca dos procedimentos ou produtos;

Viabilidade: fase de verificação, em todas as suas variáveis, para comprovar se a proposta se aplica na prática;

Demanda: surge, então, a possibilidade de novos procedimentos no negócio ou, até mesmo, diferentes produtos ou serviços, que serão implementados no mercado e, assim, será possível compreender a aceitação e a necessidade de modificações para sua permanência;

Resultado: após isso, quando bem-sucedida, a inovação torna-se parte da rotina de trabalho da empresa.  

   Estar aberto para rever processos e abraçar outras possibilidades de gestão, contribui significativamente no desenvolvimento e crescimento de uma empresa. Obviamente que quando se trata de alterações, criação e transformação, dificilmente há linearidade, mas essas quatro fazes seriam um esqueleto dos principais pontos para trilhar um caminho de inovação.  

O Caminho para uma Gestão Inovadora 

  Na gestão inovadora, os líderes, portanto, devem estar abertos a mudança. Mas, ela  só  acontece de forma eficaz com a somatória de práticas que comprovadamente proporcionam resultados. Não adianta propor mudanças, apenas pelo anseio por novidades. 

Compartilhamos alguns pontos que fazem toda diferença nesse caminho. 

1. Utilize o método BPM

   Uma prática utilizada por algumas empresas é o método BPM (Business Process Management). Ele auxilia na compreensão dos métodos utilizados no negócio, mede as ações e, com isso, propõem melhorias. Fornece ferramentas completas para acompanhar toda a gestão de processos, composto por algumas etapas: Otimização, monitoramento, implementação, redesenho, modelagem de processos.

   Seu foco principal, para gerar agilidade e melhores resultados, está nas pessoas, sendo esse seu diferencial. Para que um negócio gaste menos, produza mais e, ainda por cima, ofereça produtos e serviços com a máxima qualidade, é preciso um alinhamento de total compromisso com esses objetivos.

 Alguns dos benefícios de sua utilização são o aumento no controle administrativo, maior produtividade, custos reduzidos, estratégia assertivas, recursos otimizados, papéis e atividades bem definidos, compreensão das falhas nas operações, assim como uma visão panorâmica da empresa. 

2. Filtre ideias

   Necessidade e objetivo devem guiar o caminho a ser trilhado pelos gestores. Como citado anteriormente, inovação sem fundamento só vai atrapalhar o desenvolvimento do negócio. Foco é algo muito importante, sem com isso, é claro, impedir que ideias valiosas surjam e sejam aplicadas no negócio. 

3. Invista em sua equipe

   A contratação é o primeiro passo, a seguir é preciso desenvolver e focar no sucesso de sua equipe, que retorna como um benefício mútuo. Compreender as habilidades e perfil profissional de cada colaborador, contribui para que resultados efetivos sejam obtidos de cada um dos setores. 

   Assim, a comunicação constante e a avaliação do desempenho da equipe são fundamentais. Nem sempre uma atividade executada por determinado colaborador pode ser a ideal, tanto para empresa quanto para aquele que a executa. Inovar implica manter em perspectiva uma mentalidade de rever constantemente processos e atividades atribuídas. 

   O investimento na equipe significa não somente fornecer cursos, mas um acompanhamento direto, com a certeza de que os colaboradores são parte imprescindível para que tudo dentro de um negócio se desenvolva e aconteça. Maximizar o potencial da equipe promove um ambiente propício para uma gestão inovadora. 

4. Utilize um sistema de gestão (ERP) para uma Gestão Inovadora

   Para tomada de decisões estratégicas, inovadoras e competitivas, os gestores necessitam de dados precisos, assim como, previsibilidade nas dinâmicas e rotinas da empresa. Para obter informações valiosas ao negócio é preciso contar com um bom sistema de gestão integrado. 

   O ERP (Enterprise Resource Planning – na tradução: Planejamento de Recursos Empresariais) possui inúmeras funcionalidades, se tornando um valioso aliado no desenvolvimento de uma empresa. Na prática, todos os recursos do ERP têm objetivos muito nobres: simplificar as rotinas, automatizar as operações e maximizar a performance da equipe.

   O Areco ERP, nosso software de gestão, fornece painéis gerenciais, construídos de acordo com as particularidades da operação, um recurso essencial para garantir uma visão ampla, consistente e altamente estratégica. Assim, o gestor tem informações que poderão nortear suas decisões e o anseio por inovação. E, com uma visão clara e confiável, impulsionar o crescimento do negócio. 

   Concluímos, ressaltando que inovar parece assustador, porque envolve o risco da tentativa de fazer diferente. Ainda assim, revisar processos e se permitir estruturar a dinâmica empresarial de uma nova forma, pode trazer inúmeros benefícios na gestão de pessoas, ampliar a eficiência no relacionamento com clientes, assim como, na oferta de produtos e serviços, gerar novidades, mais rapidez e qualidade.

   Quer saber como podemos te ajudar a melhorar a performance da sua empresa  e obter resultados focados em inovação consciente? Entre em contato conosco.

Write a Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :